domingo, 8 de julho de 2012

A Clash of Kings - George R. R. Martin




Sinopse:

Quando um cometa vermelho surge nos céus de Westeros encontra os Sete Reinos em plena guerra civil. Os combates estendem-se pelas terras fluviais e os grandes exércitos dos Stark e dos Lannister preparam-se para o derradeiro embate.
No seu domínio insular, Stannis, irmão do falecido Rei Robert, luta por construir um exército que suporte a sua reivindicação ao trono e alia-se a uma misteriosa religião vinda do oriente. Mas não é o único, pois o seu irmão mais novo também se proclama rei, suportado por uma hoste que reúne quase todas as forças do sul. Para pior as coisas, nas Ilhas de Ferro, os Greyjoy planeiam a vingança contra aqueles que os humilharam dez anos atrás.
O Trono de Ferro é ocupado pelo caprichoso filho de Robert, Joffrey, mas quem de facto governa é a sua cruel e maquiavélica mãe. Com a afluência de refugiados e um fornecimento insuficiente de mantimentos, a cidade transformou-se num lugar perigoso, e a Corte aguarda com medo o momento em que os dois irmãos do falecido rei avancem contra ela. Mas quando finalmente o fazem, não é contra a cidade que investem...
O que os Sete Reinos não sabem é que nada disto se compara ao derradeiro perigo que se avizinha: no distante Leste, os dragões crescem em poder, e não faltará muito para que cheguem com fogo e morte!

(sinopse de "A Fúria dos Reis" parte 1 do livro em português) 

Opinião:

Bem se existe um autor que nos consegue pôr em pulgas para saber o que vem a seguir é com certeza George R.R. Martin! Este livro é absolutamente fantástico e, mais uma vez me deixa extremamente ansiosa para saber o que se segue a tanta emoção. Os personagens são tão imperfeitos e marcados pela sua vida e isso transparece na escrita de Martin... Acreditem, se há coisa que ele não é, é compassivo em relação aos seus personagens; mas isso não é necessariamente mau - faz-nos sentir! Sentimos quase como se lá estivéssemos. A sua escrita é dotada de um realismo que, embora o livro possa ser considerado literatura fantástica, me parece que tudo aquilo poderia ter acontecido!
Bem, depois de um primeiro contacto com os personagens no primeiro livro (e que personagens! densos, dotados de carácter e vida própria) consigo agora solidificar as minhas preferências. Definitivamente o Tyrion Lannister é o melhor personagem e também o meu preferido, mas a par dele vêm muitos outros: Arya Stark, Jon Snow, Daenerys Targaryen, Jamie Lannister, Cersei Lannister, ( o Jamie e a Cersei são daqueles que amo odiar, embora em relação ao Jamie os meus sentimentos sejam ambíguos na maior parte das vezes...). A Sansa Stark é uma personagem que detestei no primeiro livro, mas de quem estou a começar a gostar bastante depois deste livro.    
Obviamente, não recomendo o livro a quem não tenha lido o primeiro. Pessoalmente, gostei mais deste mas, preparem-se para muitas emoções fortes e reviravoltas na história. Mal posso esperar para ler o seguinte!

Classificação: 5/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário