sexta-feira, 20 de maio de 2011

Filme - The Prestige (2006)



Sinopse
No final do século dezanove, em Londres, Robert Angier, a sua amada esposa Julia e Alfred Borden são amigos e assistentes de um ilusionista. Quando Julia morre acidentalmente durante uma "performance", Robert culpa Alfred pela morte e eles tornam-se inimigos. Ambos se tornam ilusionistas famosos e rivais, sabotando as performances um do outro, em palco. Quando Alfred realiza um truque bem-sucedido, nunca antes visto, Robert torna-se obcecado por tentar descobrir o segredo do seu rival, com trágicas consequências.   

Opinião:
Andava para ver este filme há muito tempo, já mo tinham recomendado e já tinha lido críticas muito favoráveis, então ontem à noite decidi a vê-lo. 
O filme todo tem uma atmosfera de mistério e o facto de ser um filme de época (passa-se na Londres Vitoriana) completa esse efeito. O que começa por ser uma disputa entre dois ilusionistas, acaba por se tornar numa obsessão e num jogo de vida ou morte. Claro que o filme, em muitos aspectos, não faz sentido sob um ponto de vista realista, a certa altura deixa de ser um filme apenas sobre um crime e dois ilusionistas e passa a ter um carácter mais "sci-fi".
Na minha opinião, é um filme muito bem conseguido, mais uma das grandes realizações de Christopher Nolan. Tem um roteiro inteligente, com uma estória interessante que me prendeu e personagens sólidas, interpretadas por actores que conseguiram captar a obstinação, obsessão e sordidez necessárias. Christian Bale, como sempre, esteve espectacular e foi o meu preferido de entre um vasto rol de actores (desde Hugh Jackman a Scarlett Johansson, passando por Michael Caine).
Outra coisa de que gostei bastante foi de ver como o ilusionismo se desenvolveu na época, as invenções engenhosas e maquinarias por trás dos truques. Recomendo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário